Iracema

Autor(s) José de Alencar

11.90 10.71 -10%

Ano: 2021
Nº Páginas: 148
Peso: 0.200 Kg
Dimensões: 210x140x7 mm
ISBN: 9789725614150
Categoria(s) Literatura e Estudos Literários , Literatura e Estudos Literários
Disponibilidade: Em Stock
Adicionar ao Carrinho

Clássico do romantismo brasileiro que consagrou José de Alencar como um dos maiores escritores do país. O livro narra a história da índia Iracema, a virgem dos lábios de mel, tabajara consagrada a Tupã , que se apaixona pelo português Martim, inimigo de seu povo. Por esse amor abandona a tribo, tornando-se sua esposa. Tem o filho enquanto Martim está a lutar em outras regiões. Quando ele volta, Iracema entrega-lhe o filho e acaba por morrer. Seu filho, Moacir, representa o primeiro cearense, fruto da integração das duas raças. Na trama passada no início do século XVII, o amor proibido de Iracema é uma alegoria do processo de colonização do Brasil pelos europeus.

Obra Recomendada Pelo Plano Nacional de Leitura para o 11º Ano de escolaridade


José de Alencar(José Martiniano de Alencar),
advogado, jornalista, político, orador, romancista,
nasceu em Messejana (atual bairro de Fortaleza),
Brasil, no dia 1 de maio de 1829, e faleceu no Rio de
Janeiro, em 12 de Dezembro de 1877.
A sua obra é da mais elevada importância na
língua portuguesa, não só pela seriedade, ciência e
consciência técnica e artesanal com que a escreveu,
mas também pelas sugestões e soluções que
ofereceu, facilitando a tarefa da expansão da
literatura no Brasil e da consolidação do romance
brasileiro, do qual foi o verdadeiro criador.
Sendo a primeira figura das letras, foi chamado “o
patriarca da literatura brasileira”.
Sua imensa obra causa admiração não só pela
qualidade, como pelo volume, se considerarmos o
pouco tempo que José de Alencar pôde dedicar-lhe
numa vida curta.